Espécie

Lavandula pedunculata subsp. pedunculata ((Mill.) Cav.)

  • Lavandula pedunculata subsp. pedunculata

Descrição

Arbusto de pequeno porte, aromático, perenifólio; folhas acinzentado tomentosas ou verde-acinzentado-tomentosas, lineares de margens revolutas; flores agrupadas numa espiga subcilindrica, suportadas por um pedúnculo longo; brácteas terminais estéreis, violáceas a pálido-lilacíneas; corola purpúrea-anegrada.


Habitat

Matos


Época Floração

Março-Setembro


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Lavandula stoechas subsp. pedunculata (Mill.) Samp. ex Rozeira


Distribuição Geral

Península Ibérica: C e S Portugal


Observações

Planta Aromática e Medicinal. A infusão é usada no tratamento da apoplexia, analgésico, tónico, as folhas são queimadas para produzir fumo e tratar a apoplexia (tratamento prolongado). Ocorre em Matos xerófilos colonizadores, por vezes dominante (rosmaninhais), mas também em clareiras ou sob coberto de azinhal, sobreiral, carvalhal ou pinhal. Em locais expostos e secos, preferentemente em substratos pobres, siliciosos e ácidos ou neutros. Sem estatuto de protecção. A conservação deste endemismo importante, uma vez que apresenta uma área geográfica de distribuição restrita, a Península Ibérica, sendo também uma espécie relevante na constituição de diferentes habitats.

Distribuição Geográfica