Espécie

Ilex aquifolium (L.)

  • Ilex aquifolium
  • Ilex aquifolium

Descrição

Arbusto ou árvore que atinge entre 3-8 m, raramente 5-12. Árvore dioica (com indivíduos masculinos e femininos). Caules com tronco direito, ramos erectos, casca lisa e grisácea e com a copa muito densa e ramosa. Folhas rígidas, grossas, onduladas, dentadas, elípticas, oval ou ovado-oblongo, sem pêlos, de cor verde-escuro e brilhante na página superior e, de cor verde-amarelado e mate na página inferior. Flores até 9 mm de diâmetro (as femininas menos), solitárias ou reunidas em cimeiras mais ou menos densas, com brácteas triangulares puberulentas. O fruto é globoso, às vezes de forma elipsoidal, sem pêlos, pouco carnudo, liso, de cor escarlate .


Habitat

Matos


Tipo Fisionómico

Microfanerófito


Época Floração

Maio-Janeiro


Estatuto de Protecção

Espécie protegida ao abrigo do DLi 423/89 de 4 de Dezembro


Sinonímias

Ilex balearica Desf.; Ilex perado Link subsp. iberica (Loes.) S. Andrews; Ilex perado sensu P. Cout., non Aiton


Distribuição Geral

S e W Europa, N África e W Ásia


Observações

Espécie protegida ao abrigo do Decreto-Lei 423/89 de 4 de Dezembro. Ocorre em bosques caducifólios na Serra de Monchique, nas encostas sombrias e margens de linhas de água, Espécie com interesse ornamental. A sua colheita em excesso tornou-o raro, motivo pelo qual está protegido por lei desde 1989. Planta Medicinal - Usada (as folhas) nas afecções reumáticas devido à acção diurética; bronquite crónica; perda de apetite, icterícia.

Distribuição Geográfica