Espécie

Aristolochia baetica (L.)

  • Aristolochia baetica
  • Aristolochia baetica
  • Aristolochia baetica

Descrição

Planta herbácea ou lenhosa, trepadora, com caules volúveis, até 45 cm de altura, ascendentes e geralmente ramificados. Folhas simples, inteiras, e alternas, com forma cordado-ovadas ou cordado-arredondadas, com um pecíolo longo (5-20 mm). Inflorescências solitárias (flores hermafroditas), com pedúnculos com o mesmo comprimento ou menores que o pecíolo, castanho-acinzentadas, com tubo curvo. O Fruto é uma cápsula de 3-5 mm, de forma oblonga e curvada para baixo.


Habitat

Matagais


Tipo Fisionómico

Hemicriptófito


Época Floração

Dezembro-Junho


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Aristolochia subglauca Lam.


Distribuição Geral

S da Península Ibérica e N África
(em Portugal ocorre exclusivamente no Algarve)


Observações

Planta Medicinal - utilizada pelas suas propriedades anti-piréticas. Ocorre em sebes e orlas de matagais (carrascais, lentiscais) e bosques perenifólios (azinhais ou sobreirais), por vezes em afloramentos rochosos.

Distribuição Geográfica