Espécie

Arbutus unedo L. (L.)

  • Arbutus unedo L.
  • Arbutus unedo L.
  • Arbutus unedo L.

Descrição

Planta lenhosa, arbustiva ou arbórea, que pode atingir os 12 m de altura, e com raízes profundas. Tronco curto, revestido por uma casca castanho-avermelhada, que se destaca da árvore em pequenas tiras. Os caules são direitos, tortuosos, com ramos jovens avermelhados. As folhas são alternas com 5 a 10 cm de comprimento, mais ou menos serradas e cuja duração ultrapassa um tempo vegetativo, ou seja, as plantas nunca se apresentem despidas. São obovado-lanceoladas com pecíolo curto, coriáceas, sem pêlos, lustrosas e verde-escuras na página superior, mais pálidas na inferior. As flores são medíocres, reunidas em cachos compostos e bracteados, pendentes e terminais. O fruto é carnudo, esférico com 1,5-2 cm de diâmetro, vermelho na maturação, comestível (medronho), de superfície granulosa e sabor ligeiramente ácido mas agradável, com 20-25 sementes. Podem existir simultaneamente flores e frutos.
Habitat: Matagais


Habitat

Matagais


Tipo Fisionómico

Microfanerófito


Época Floração

Outubro-Fevereiro


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Não tem


Distribuição Geral

Irlanda, S. europa, N. África, Palestina e Macaronésia


Observações

Ocorre em matagais em vertentes e barrancos, sombrios ou soalheiros; ocorre em bosques perenifólios (azinhais e sobreirais) e mais raramente em pinhais ou eucaliptais; Indiferente edáfico; ocorre em diversos tipos de solo, incluindo rochosos. O fruto é utilizado no fabrico de uma bebida do tipo aguardente com elevado teor de álcool.

Distribuição Geográfica