Espécie

Ulex erinaceus (Welw. Ex Webb)

  • Ulex erinaceus

Descrição

Planta subarbustiva, de até 0,1-0,4 m, desnamente ramificada, espinhosa, que forma almofadas compactas (pulviforme), com escasso crescimento de caules e ramos, cobertos pelos aplicados, rectos, que dá a planta um aspecto prateado. Espinhos de até 1 cm, débeis, rectos, apetentes, de alternados a subopostos. Flores dispostas sobre os ramos e espinhos mais jovens. A corola branca. O fruto é uma vagem de 9 X 3 cm, oblongo, com 2-4 sementes.


Tipo Fisionómico

Nanofanerófito


Época Floração

Fevereiro-Junho


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Ulex argenteus Welw. ex Webb subsp. erinaceus (Welw. ex Webb) D.A.


Distribuição Geral

Endémico do extremo SW Portugal


Observações

Endemismo exclusivo de Portugal (Costa Vicentina). Ocorre em Matos psamofílicos litorais, raramente sob coberto depinhais ou sobreirais. Em dunas estabilizadas ou arribas litorais. Em substratos arenosos, sempre perto do litoral.

Distribuição Geográfica