Espécie

Coronilla glauca (L.)

  • Coronilla glauca
  • Coronilla glauca
  • Coronilla glauca
  • Coronilla glauca

Descrição

Planta herbáceas, subarbustos ou arbustos, sem pêlos ou glabrescentes, geralmente glaucas. Ramos dispostos alternadamente, cilíndricos. Folhas alternas, estipuladas, pecioladas ou sésseis, imparipinuladas, com 2-4 pares de folíolos, às vezes as apicais ou as basais uni ou trifoliadas, ocasionalmente carnudas.
Inflorescências axilares, pedunculadas, umbeliformes, com 2-13 (mais raramente 14). Flores rodeadas por uma coroa pouco perceptível de bractéolas membranáceas. Florespediceladas, com cálice campanulado, bilabiado, sem pêlos ou papiloso, sendo o tubo mais largo que os lobos.


Ecologia

Matos mediterrânicos, clareiras e orlas de matagais e bosques esclerófilos. Em solos calcários pedregosos, por vezes em arribas litorais. Muito utilizado na colonização de taludes de estradas.


Habitat

Rupícola


Tipo Fisionómico

Fanerófito


Época Floração

Março-Julho


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Coronilla pentaphylla sensu Willk., Coronilla valentina L. subsp. glauca (L.) Batt. in Batt. et Trab.


Distribuição Geral

Grande parte Região Mediterrânica

Distribuição Geográfica