Espécie

Ciconia nigra (Linnaeus, 1758)

Nome Comum

Cegonha-preta, Cegonha-negra

Sem imagem

Características

Espécie com 95-100 cm de comprimento. O bico e as patas são vermelhas, o dorso as asas, o pescoço e cabeça apresentam uma coloração preta e o abdómen é branco. Dependendo da luminosidade, é por vezes possível observar reflexos esverdeados nas asas e alguns tons púrpura no pescoço e cabeça.


Ecologia

Esta espécie começa a chegar aos seus locais de nidificação em Fevereiro ou me Março, observando-se as últimas em meados de Setembro. A maturidade sexual é normalmente atingida aos três anos de idade. Em Portugal, as posturas são feitas predominantemente na última quinzena de Março, as crias eclodem 35-36 dias depois (entre finais de Abril e meados de Maio), e são alimentadas no ninho até atingirem a idade de voo, ou seja, durante cerca de 63-71dias. As posturas mais comuns têm entre 3 e 5 ovos. Alimentam-se preferencialmente de peixes, capturando ocasionalmente anfíbios, invertebrados aquáticos e micromamíferos. Habita zonas de difícil acesso, com pouca perturbação, frquentando terrenos com matos, pinhais e também sobreirais e azinhais geralmente nas proximidades de água.


Fenologia

Migrador Reprodutor (MigRep)


Estado de Conservação

Vulnerável (VU)


Distribuição Geral

Durante a época de nidificação distribui-se pela Península Ibérica e Europa central até leste da Sibéria. Durante o inverno, estas populações migram para África sub-sariana, para este e nordeste de África, e do Paquistão ao sudeste e este da China. Existem ainda populações dispersas na África austral, parcialmente migradoras. No caso da população ibérica grande parte dos indivíduos migra para África ocidental, embora alguns fiquem durante todo o ano. Em Portugal existem cerca de 100 casais, sobretudo distribuídos pelo interior e associados maioritariamente às bacias hidrográficas dos rios Douro, Tejo e Guadiana. No Algarve ocorre principalmente durante as épocas de passagem migratória, sendo o cabo de São Vicente o melhor local para observar esta cegonha.

Distribuição Geográfica

Referências

Cabral, M.J.(coord.), Almeida, J., Almeida, P.R., Dellinger, T., Ferrand de Almeida, N.,Oliveira, M.E., Palmeirim, J.M., Queiroz, A.I., Rogado, L. & Santos‐Reis, M. 2005.Livro vermelho dos vertebrados de Portugal. 2ª ed. Instituto da Conservaçãoda Natureza/ Assírio & Alvim. Lisboa. 660 pp.

Catry, P., Costa, H., Elias, G., Matias, R., (2010). Aves de Portugal. Ornitologia de território continental. Assírio & Alvim, Lisboa.

Costa, H., Juana, E., & Varela, J. (2011). Aves de Portugal incluindo os arquipélagos dos Açores, da Madeira e das Selvagens.

Gooders, J. (1994). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Círculo de Leitores.

Assírio & Alvim (2008)- Atlas das aves nidificantes em Portugal.

Turismo do Algarve (2012). Guia de observação de aves no algarve.

ICN, 2006. Plano Sectorial da Rede Natura 2000.

http://www.iucnredlist.org/

http://avesdeportugal.info/