Espécie

Calidris minuta (Leisler, 1812)

Nome Comum

Pilrito-pequeno

Sem imagem

Características

Limícola pequena, com cerca de 14 cm de comprimento. O bico é curto e direito e as patas são pretas. No Inverno apresenta a parte superior do corpo cinzenta e a parte inferior branca, no Verão o dorso e a coroa são castanho-arruivados com algumas penas pretas, conferindo-lhe um aspecto malhado. Os juvenis são castanhos, com parte central das penas preta, duplo “V” branco no dorso e malhado castanho-claro nos lados do peito. Em voo, apresenta uma barra alar branca estreita e o centro da cauda preto.


Ecologia

é mais abundante nos meses de Setembro e Outubro, quando estão em passagem migratória e no Inverno, nas principais zonas de invernada, na ria Formosa e na reserva de Castro Marim. Ocorre em estuários, lagoas costeiras, albufeiras, arrozais ou salinas. A sua dieta não está caracterizada, para o nosso país, mas pensa-se que é essencialmente constituída por pequenos invertebrados aquáticos.


Fenologia

Visitante (Vis)


Estado de Conservação

Pouco Preocupante (LC)


Distribuição Geral

Esta espécie tem a sua área de nidificação confinada ao árctico do norte da Rússia e da Escandinávia. Inverna em algumas zonas de costa na Europa como Portugal, Espanha, França, Itália, Grécia, Turquia. Ocupa ainda no inverno África, Arábia saudita e Índia.Em Portugal é mais comum no sul, ocorrendo quase exclusivamente ao longo da costa. No Algarve é facilmente observável em locais como o Ludo, as salinas de Tavira e Santa
Luzia, a reserva de Castro Marim, a Lagoa dos Salgados e a ria de Alvor. Também ocorre no estuário do Arade.

Distribuição Geográfica

Referências

Cabral, M.J.(coord.), Almeida, J., Almeida, P.R., Dellinger, T., Ferrand de Almeida, N.,Oliveira, M.E., Palmeirim, J.M., Queiroz, A.I., Rogado, L. & Santos‐Reis, M. 2005.Livro vermelho dos vertebrados de Portugal. 2ª ed. Instituto da Conservaçãoda Natureza/ Assírio & Alvim. Lisboa. 660 pp.

Catry, P., Costa, H., Elias, G., Matias, R., (2010). Aves de Portugal. Ornitologia de território continental. Assírio & Alvim, Lisboa.

Costa, H., Juana, E., & Varela, J. (2011). Aves de Portugal incluindo os arquipélagos dos Açores, da Madeira e das Selvagens.

Gooders, J. (1994). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Círculo de Leitores.

Turismo do Algarve (2012). Guia de observação de aves no algarve.

http://www.iucnredlist.org/

http://avesdeportugal.info/