Espécie

Branta bernicla (Linnaeus, 1758)

Nome Comum

Ganso-de-faces-pretas

Sem imagem

Características

Ganso com 55-60 cm, único com a cabeça toda preta. É atarracado e muito escuro, parecendo, ao longe, totalmente preto com excepção da traseira, que é branca. Possui uma distintiva marca branca no pescoço, podendo esta estar ausente nos indivíduos de 1º inverno. A zona ventral difere consoante as subespécies (mais pardacento na ssp. hrota e escuro com listas brancas na ssp. bernicla). O bico e as patas são pretos


Ecologia

Ocorre no nosso país, em zonas de estuário, enseadas e lagoas costeiras. Alimenta-se de plantas estuarinas do género Zostera e de algas verdes marinhas, de águas pouco profundas.


Fenologia

Visitante (Vis)


Estado de Conservação

Não Aplicável (NA)


Distribuição Geral

Distribui-se por Bélgica; Bermudas; Canadá, China, República Checa, Dinamarca, Ilhas Faroe, Finlândia, França, Alemanha, a Gronelândia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Japão, Coréia, República Popular Democrática; Coreia do Sul, Letónia, México; Holanda; Noruega; Polónia; Porto Rico; Roménia; Rússia; Rússia; Rússia; Svalbard e Jan Mayen, de Taiwan, Província da China; Reino Unido; Estados Unidos. Em Portugal pode ser observada, ocasionalmente, ao longo da faixa costeira, de norte a sul do país. No Algarve pode ser observada ao longo da ria Formosa. Existem registos de observação no Ludo, ria de Alvor e Cabo de São Vicente.

Distribuição Geográfica

Referências

Catry, P., Costa, H., Elias, G., Matias, R., (2010). Aves de Portugal. Ornitologia de território continental. Assírio & Alvim, Lisboa.

Costa, H., Juana, E., & Varela, J. (2011). Aves de Portugal incluindo os arquipélagos dos Açores, da Madeira e das Selvagens.

Gooders, J. (1994). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Círculo de Leitores.

Turismo do Algarve (2012). Guia de observação de aves no algarve.

http://www.iucnredlist.org/

http://avesdeportugal.info/