Espécie

Aythya nyroca (Guldenstadt, 1770)

Nome Comum

Zarro-castanho, Pêrra

Sem imagem

Características

Pato mergulhador com 38-42 cm. Possui uma coloração muito escura, destacando-se as coberturas infracaudais brancas. Os machos têm uma coloração castanho-viva e a íris branca e as fêmeas são mais “apagadas” e têm a íris parda. Os juvenis têm as coberturas infracaudais “sujas”. A fronte é comprida e a região occipital é alta. Em voo, a banda alar e o ventre brancos são bastante visíveis.


Ecologia

Esta espécie, ocorre no nosso país, sobretudo de Outubro a Março, sendo Dezembro, Janeiro e Fevereiro os meses que reúnem maior número de observações. Frequenta lagoas costeiras com vegetação subaquática e emergente (caniços), ocupando também estuários, pauis e barragens. A sua alimentação é constituída essencialmente por matéria vegetal.


Fenologia

Reprodutor (Rep)


Estado de Conservação

Regionalmente extinto (RE)


Distribuição Geral

A espécie ocorre no Paleárctico, existindo na Ásia duas populações: uma na Ásia central e outra que se divide em dois grupos, um deles na Mongólia ocidental e o outro no Tibete oriental. Distribui-se pela Europa central até ao mar Cáspio e ao mar Negro, subsistindo ainda de modo muito fragmentado, na Europa ocidental incluindo a Península Ibérica. No Algarve, a lagoa dos Salgados, onde se deu um dos casos de reprodução conhecidos, é um dos locais tradicionais de ocorrência deste zarro. Outros locais onde tem sido visto com alguma frequência incluem a Quinta do Lago, o caniçal de Vilamoura, a lagoa do Garrão e a reserva de Castro Marim.

Distribuição Geográfica

Referências

Cabral, M.J.(coord.), Almeida, J., Almeida, P.R., Dellinger, T., Ferrand de Almeida, N.,Oliveira, M.E., Palmeirim, J.M., Queiroz, A.I., Rogado, L. & Santos‐Reis, M. 2005.Livro vermelho dos vertebrados de Portugal. 2ª ed. Instituto da Conservaçãoda Natureza/ Assírio & Alvim. Lisboa. 660 pp.

Catry, P., Costa, H., Elias, G., Matias, R., (2010). Aves de Portugal. Ornitologia de território continental. Assírio & Alvim, Lisboa.

Costa, H., Juana, E., & Varela, J. (2011). Aves de Portugal incluindo os arquipélagos dos Açores, da Madeira e das Selvagens.

Gooders, J. (1994). Guia de campo das aves de Portugal e da Europa. Círculo de Leitores.

Assírio & Alvim (2008)- Atlas das aves nidificantes em Portugal.

Turismo do Algarve (2012). Guia de observação de aves no algarve.

http://www.iucnredlist.org/

http://avesdeportugal.info/