Espécie

Quercus faginea (Lam.)

  • Quercus faginea

Descrição

Árvore até 20 m de altura, folhas marcescentes, tronco direito, copa ampla e esférica ou elipsoidal, casca pouco grossa, muito rugosa, parda; Ramos largos, ascendentes. Folhas de 4-10 X 1,4-4 cm, com pecíolo, pouco coriáceas, ovado-lanceoladas, de bordo ondulado, dentadas ou serradas, com dentes triangulares agudos. Flores (amentos) femininas e femininas. Fruto: Bolota. Cúpula cobrindo 1/3 da bolota.


Habitat

Matagais


Tipo Fisionómico

Mesofanerófito


Época Floração

Abril-Maio


Estatuto de Protecção

Não tem


Sinonímias

Quercus lusitanica auct., non Lam.


Distribuição Geral

Península Ibérica e N África


Observações

Espécie de folhagem marscente (que permanece na árvores mesmo seca) Frequente em áreas de sobreiral, particularmente do NE de Porugal, onde é dominante sobre rochas básicas. No Algarve ocorre sobretudo no Barrocal, mas também em algumas zonas da Serra do Caldeirão e Monchique, ainda que sob a forma de pequenos núcleos ou indivíduos isolados sempre em encostas frescas e sombrias, viradas a norte.

Distribuição Geográfica